Notícias

  • 08/09/2017

    Família recebe apoio do Projeto SUPERA e filhas continuam seus estudos

        A captação de recursos para a execução dos Projetos de Superação da Vulnerabilidade Econômica, conhecido também como SUPERA, vem contribuindo para que famílias brasileiras consigam superar momentos de crise econômica causados pelo desemprego. Uma família participante do projeto residente em Jundiaí (quase 60 quilômetros da cidade de São Paulo) sofre com o desemprego do pai que já dura um ano.
          “Nesse tempo tudo são lamentações, com a crise, com a política e com o desemprego e a tendência é o pessimismo”, comenta Maria Eunice Soares. Segundo ela, devido ao orçamento familiar insuficiente e vendo a situação tão difícil, a única decisão seria adiar os estudos das filhas que estudam em uma universidade pública porém em outra cidade. “Comunicamos a nossa situação para a comunidade da Economia de Comunhão, a qual fazemos parte e nos foi feita a proposta de participar do SUPERA, isto nos deu muita alegria”, comenta ela grata pelo apoio.

    Comunhão & Ação 2017 

          Até 31 de outubro a campanha Comunhão & Ação está captando recursos para continuar a execução dos Projetos SUPERA constituídos por Bolsas de Estudo e ações de cunho Sócio Sanitárias e Habitacional.
           O SUPERA atende as necessidades de pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica. Portanto, promove a educação para crianças, jovens e adultos por meio de bolsas de estudo para que tenham uma profissão e trabalho; possibilita que pessoas portadores de doenças realizem seus tratamentos de saúde; permite que aqueles que não têm a possibilidade de ganhar o próprio sustento possam receber ajuda temporária para as suas necessidades básicas e possibilita a melhoria das condições de moradia de quem necessita.
              A pessoa que está na condição de vulnerabilidade é o foco de um projeto de superação, um ator indispensável da EdC. Na cultura da EdC quem doa a necessidade tem igual valor de quem doa o recurso para supri-la, pois partimos de um fundamento comum: somos todos membros de uma única família global. 

    Como participar

             Para participar é muito simples. Faça sua contribuição de acordo com suas possibilidades até o dia 31 de outubro, na seguinte conta corrente.

    Dados bancários para as contribuições:
    Associação Nacional por uma Economia de Comunhão - ANPECOM
    CNPJ: 07.638.735/0001-94
    Banco do Brasil
    Agência: 2665-4    
    Conta corrente: 38788/6

    Para mais informações
    Celular: (61) 982310380
    E-mail: comunhaoemacao@anpecom.com.br

    Sobre a Associação Nacional por uma Economia de Comunhão

              A Associação Nacional por uma Economia de Comunhão (Anpecom) tem por objetivo reunir e articular pessoas, empresas, instituições públicas e privadas que estejam interessadas em contribuir com os objetivos da Economia de Comunhão, quais sejam: consolidar uma cultura econômica fundamentada na comunhão e reduzir a pobreza.
          A administração dos Projetos de Superação de Situações de Vulnerabilidade Econômica é um dos principais objetivos institucionais da Anpecom atualmente. Essa gestão é realizada em regime de colaboração com uma rede nacional de pessoas que estão localizadas nos estados do Brasil.


     

botão Voltar